Psicodinâmica e abordagem cosmo-existencial, uma nova matriz
2011 – 436 pag.

Um novo modelo de terapia, uma nova psicodinâmica. O autor desafia com rigor o paradigma mor da filosofia ocidental: a ‘estraneidade do ‘EU’’. A experiência da unicidade, integração do estado-de-ser, a unidade ser-cosmos, auxilia o indivíduo a resgatar uma visão elevada e heroica de si mesmo.

Um novo modelo de terapia, uma nova psicodinâmica que difere essencialmente das convencionais. A partir de uma nova perspectiva metafísica, um novo mito que afirma a unicidade plena do estado-de-ser, o autor desafia com rigor o paradigma mor da filosofia ocidental: a ‘estraneidade do ‘EU’’. A terapia reinstala a antiga prática filosófica do círculo dialógico. A experiência da unicidade, integração do estado-de-ser, a unidade ser-cosmos, auxilia o indivíduo a resgatar uma visão elevada e heroica de si mesmo, estabelecendo o auto-respeito, a responsabilidade, a aptidão de desenhar compromissos, compreender a necessidade evolutiva da superação e do desapego. Através de diálogos profundos e exercícios práticos, o paciente, chamado de Gilmar, em crise, perdido em memórias negativas, traições, complexidades, começa a desfazer a trama, se libertar de condicionamentos advindos de antigos padrões, desenvolver uma razão qualificada, congruente, passa a admirar o belo e recriar narrativas que iluminam o fundo da caverna onde os distúrbios e neuroses apareciam agigantados como coisas reais e difíceis, nada sendo além de representações.

Entrevista

Realizada em 14 de março de 2012 na Universitária FM com o médico e filósofo francês Régis Alain Barbier sobre o lançamento do livro “Essência e Perspectiva Metafísica em Psicoterapia”.

Entrevista Régis Alain Barbier by unicidade